Dicas para montar um bom deck no draft

Sejam bem vindos jogadores! No artigo de hoje nós daremos dicas genéricas para quem for jogar Draft, abordaremos o básico sobre montagem de deck no draft, além de dicas de como montar um bom deck no draft.

Muitos dos jogadores de Magic the Gathering acham o formato draft o mais divertido e justo de se jogar, pois todos os jogadores estão em igualdade. No draft é um formato onde a habilidade de montar decks vale mais do que a sorte de abrir cartas boas, por isso existem jogadores de Magic realmente viciados em draftar.

Como montar um bom deck no draft

As dicas a seguir foram desenvolvidas por pro players de Magic the Gathering com base em sua experiência e análise de decks vencedores em torneios no formato draft.

Antes de iniciar um draft, você deve conhecer a expansão que irá draftar! Cada expansão possui suas próprias particularidades e arquétipos específicos. Procure na internet quais são as melhores cartas da expansão e gaste um tempo dando uma olhada no visual spoiler das coleções do draft para poder ficar familiarizado com que tipos de cartas você deve jogar em volta ou tomar cuidado para não ser punido.

Para ajudar os jogadores iniciantes no formato draft existe uma sigla comumente usada para lembrar a ordem de importância de quais cartas escolher, essa sigla em inglês forma a palavra BREAD, que significa (Bombs,Removals,Evasion,Aggro e Duds). Vamos analisar cada uma delas e explicar o que significam!

Bombas (Bombs)

Bombas são cartas capazes de mudar totalmente o jogo e que podem sozinhas ganhar o jogo para você. Geralmente as bombas são criaturas com um ótimo custo/benefício, com custo de mana e um corpo bom e que geralmente possuem algum efeito ou impacto no jogo.

Mas bombas não são apenas criaturas, algumas exceções são encantamentos e mágicas que podem causar uma grande diferença no jogo, lhe dando algum tipo de vantagem de recursos.

Se você ainda estiver em dúvida do que seja uma bomba, pode verificar algum desses fatores:

-Ser uma criatura grande que o oponente tenha dificuldade de bloquear ou ser bloqueado.

-Ser uma criatura que tenha algum efeito capaz de virar o jogo ao seu favor quando você estiver para trás.

-A carta possui algum efeito que irá te deixar em vantagem? (exemplo são: Compra de cartas, Descarte de cartas do oponente, Ganho de Vida, Fazer o oponente sacrificar ou matar suas criaturas…etc.)

Remoções (Removals)

O próximo item que você deve sempre estar buscando são remoções, ou seja cartas que matam ou inutilizam as criaturas do seu adversário. As remoções são importantes tanto para remover as ameaças que o seu oponente possa ter sorte de ter draftado assim como remover criaturas que você não tenha como bloquear.

O tipo mais comum de remoção são aqueles que causam dano, exilam ou destroem uma criatura. Mas há outros tipos de remoções que muitos jogadores inexperientes não costumam perceber, que são justamente cartas que inutilizam a criatura do adversário, a impedindo de atacar e/ou bloquear, ou que transforme em outro tipo de criatura, ou que reduza os seus status permanentemente ou até o fim do turno e efeitos que fazem cartas voltarem para a mão do oponente ou para o seu baralho. Anulações e descarte de cartas também são um forma de remoção e não deve ser descartadas, já que eliminam ameaças antes mesmo delas entrarem em jogo.

O tipo de remoção mais raro em draft mas que causa mais impacto também, são as remoções em massa, ou seja, remoções que são capazes de eliminar o campo do adversário. Sabendo usar uma remoção em massa na hora certa poderá fazer com que você ganhe o jogo.

Por fim existem também remoções em forma de criaturas. Normalmente elas são criaturas capazes de matar as criaturas do oponente fácilmente, como por exemplo, criaturas com deathtouch (toque mortífero). Por isso não despreze aquele ratinho 1/1 com toque mortífero que apareceu no meio do booster.

Evasão (Evasion)

Evasão diz respeito as criaturas que são difíceis de se bloquear. Muitas vezes o jogo pode ficar travado com os lacaios que estão no campo, e lacaios com a habilidade de voar, que não podem ser bloqueadas ou habilidades similar podem acabar com um jogo.

Por na maioria das vezes as criaturas voadoras terem um status ruim pelo seu custo de mana, muitos jogadores acabam desprezando elas, mas isso se provou errado, já que inúmeras partidas de draft foram vencidas apenas por que um dos jogadores possui uma criatura com voar e poderia atacar livremente, enquanto protegia os seus pontos de vida com criaturas no chão para bloquear as criaturas do oponente.

Como visto, também é necessário possuir uma forma de se proteger de criaturas com evasão do seu oponente. Portanto levem em consideração escolher alguns lacaios com reach (alcance).

Aggro

Ao longo do seu draft, leve em conta a curva de mana do deck que você está escolhendo. Não deixe de pegar criaturas que custam 1 ou 2 manas, pois com um início de jogo forte você conseguirá manter uma certa pressão sobre o seu adversário durante o jogo inteiro.

Normalmente o que você quer em um jogo de draft é ter algo para fazer durante todo turno, e ficar até o turno 3 ou 4 apenas baixando mana e passando o turno irá deixa-lo muito para trás caso o deck do seu oponente seja mais agressivo que o seu.

Fracas (Duds)

Por fim você deverá pegar algumas cartas ruins para completar o seu deck. Normalmente quando você possui 5 ou menos cartas para escolher de cada booster, provavelmente você não terá nenhuma das opções acima para escolher. Portanto você deve escolher cartas das cores do deck que você está montando para utilizar caso falte cartas para completar o seu deck.

Normalmente esas cartas não serão utilizadas, mas pode ser que haja necessidade de colocar uma ou duas delas para corrigir a sua curva, então preste bem atenção na sua curva de mana e no custo/benefício da carta que for escolher nesse momento.

Aqui também vale a pena dar uma olhada nas cartas de outras cores que estão no deck, as vezes você conseguirá encontrar algo que posso fazer um splash (utilizar poucas cartas de uma cor que não seja a principal do seu deck) para poder utilizar alguma carta forte de outra cor que possa aparecer.

Bônus – Dica de Ouro!

Não adiantará nada conseguir as melhores cartas se a proporção de mana que você utiliza estiver mal calculada. Em geral nos decks de 40 cartas do draft, costuma-se utilizar 23 mágicas/criaturas e 17 terrenos.

Porém esse número pode variar de acordo com as escolhas que você fez! Se estiver utilizando 3 cores no seu deck, você precisará de mais terrenos. O mesmo vale caso o seu deck possua mais cartas de custo elevado.

É necessário também visualizar a quantidade de mana dupla que as suas cartas precisam para serem conjuradas. Se você possui muitas cartas que precissem de 2 ou 3 manas de uma mesma cor para serem conjuradas, tente balancear isso também na hora de fazer a repartição de terrenos de cada cor que você colocará no seu deck.

Se você gostou das nossas dicas não esqueça de compartilhar o nosso artigo com os seus amigos em suas redes sociais e fóruns para que mais jogadores também possam ter acesso ao conteúdo do nosso site.

Não deixe também de curtir a nossa página no facebook para ficar por dentro de todas as novidades e acompanhar os próximos artigos!

 

Please follow and like us:
error0