guia-construir-deck

Guia de construção de decks

Fala jogadores! Hoje iremos discutir alguns pontos para melhorar aquele seu deck que você ainda não tem todas as cartas, já abordamos alguns pontos em nosso outro artigo sobre adaptar o seu deck ao metagame, porém aqui vamos mais além ensinando como montar um deck que ainda não existe, ou melhorar uma idéia de algum deck que tenha visto.

Este artigo é indicado para jogadores casuais ou que gostem de criar os seus próprios decks tanto para jogar na rankeada ou nos eventos semanais (singleton, bloco contruído,pauper…etc).

Como construir decks melhores

Ser um bom deckbuilder é uma das principais características de um bom jogador de magic, pois jogar com uma lista fora do comum pode ser capaz de pegar seus oponentes desprevenidos  e conseguir resultados.

Porém para ser um bom deckbuilder você terá que dominar algumas características fundamentais do Magic the Gathering onde iremos apresentar para você esses conceitos.

Tenha um plano

Todo bom deck de Magic possui um plano de ação, que normalmente se resume ao se arquétipo (aggro, combo, midrange, control), isto irá determinar quais tipos de cartas serão melhores para que o deck cumpra o seu plano e como o jogador deve se comportar ao jogar.

As cartas que compõem o seu deck devem cumprir o plano principal do deck, ou seja, se você estiver montando um deck com várias criaturas de custo baixo para terminar o jogo antes que o seu oponente comece a dominar o jogo, não fará muito sentido você adicionar criaturas de custo 6 ou maior, pois dificilmente você conseguirá jogar, e se conseguir jogar significa que o jogo se estendeu muito e provavelmente o seu oponente já possuirá uma resposta para essa sua criatura.

Tenha sempre uma boa justificativa para que uma carta esteja no seu deck. Seguindo o exemplo anterior, uma fraqueza do seu deck pode ser criaturas de custo baixo e que tenham resistência alta, portanto colocar mágicas que matem criaturas ou que aumentem o poder das suas criaturas pode ser justificado para que o plano do seu deck consiga ser executado.

Cuidado com decks temáticos

Uma armadilha que muitos jogadores caem ao criar os seus próprios decks é querer fazer um deck temático, ou seja, focar tanto em uma tema e esquecer de colocar cartas importantes só porque aquelas cartas não são do tema escolhido.

Criar um deck tribal, burn..entre outros é divertido, e muitos desses decks são famosos, principalmente em formatos eternos (legacy, modern) onde existe uma variedade grande de opções. Porém quando estamos montando um deck no formato standard ou bloco construído, devemos ter cuidado porque nem sempre teremos cartas suficientes para montar decks temáticos que sejam competitivos.

Tenha em mente que o tema do seu deck deve se adequar ao plano do deck, não adianta querer montar um deck de goblins agressivo se a coleção não possui uma boa quantidade de goblins de custo baixo.Não rejeite também a possibilidade de incluir, por exemplo, uma [card]Rekindling Phoenix[/card] só porque o seu deck é de goblins.

Coloque a quantidade certas de cartas

Esta é uma das partes mais importantes da construção de um deck, e que muitas vezes você só aprenderá com base na experiência, e através da tentativa e erro.

Em regras gerais podemos definir como:

4 cópias de uma carta: Você precisará de 4 cópias de cartas que sejam importantes para o plano do seu deck e que você não se incomodará em comprar mais de uma cópia durante o jogo. Exemplos são: [card]Runaway Steamkin[/card] no monored,  [card]Venerated Loxodon[/card] no monowhite e [card]Crackling Drake[/card] no UR drakes.

3 cópias de uma carta: São cartas que você deseja comprar em todas as partidas mas não deseja comprar 2 com frequência. Podemos colocar nesse exemplo cartas lendárias e planeswalkers, desde que eles não sejam uma carta que irá ser peça fundamental para o plano do seu deck, já que a segunda cópia ficará “morta” na sua mão enquanto você possuir uma na mesa.

2 cópias de uma carta: Normalmente são cartas de suporte ao plano do seu deck, que você deseja comprar uma vez ou outra, mas não em toda partida ou com muita frequência. Exemplos desse tipo de carta são [card]Kraul Harpooner[/card] em decks Gruul ou  [card]Hostage Taker[/card] em um Sultai Midrange.

1 cópias de uma carta: Você colocará 1 cópia apenas quando deseja comprar essa cartas raramente durante o jogo, ou apenas quando o jogo já estiver bem desenvolvido com o decorrer de muitos turnos. Exemplos são: [card]Nezahal, Primal Tide[/card] em decks controle, ou  [card]Ugin, the Ineffable[/card] em decks midrange.

Não coloque cartas extras

Acrescentando o tópico anterior, você deve deixar o seu deck maximizado ao máximo, em outras palavras, não use mais cartas do que o necessário.

Cada formato de jogo no Magic the Gathering possui uma quantidade mínima de cartas, e você deve montar o seu deck com o mínimo possível de cartas, e eu te explico o porquê, como o jogo é um jogo de probabilidades de você comprar uma certa carta em um determinado tempo, quanto maior o número de cartas no seu deck, menor a chance de você uma determinada carta (mesmo que tenha 4 cópias ou 20 como no caso de terrenos).É matemática pura!

Os formatos do Magic Arena são: Construído 60 cartas e Limitado 40 cartas. Fique atento à esses números quando estiver construindo o seu deck.

Fique de olho na sua curva de mana

A curva de mana é um fator determinante de sucesso para o seu deck. Será a curva de mana que irá te mostrar, por exemplo, se você terá uma mágica para fazer a cada turno, ou qual o turno que você terá que se preocupar com a jogada do seu oponente.

Como esse tema é algo bem complexo, em breve faremos um artigo focado apenas nesse tema e colocaremos o link aqui para os interessados.

Cuide da sua base de mana

Se você estiver montando um deck de duas ou mais cores, você deve se preocupar com a  sua base de mana para que não fique sem poder jogar uma carta por não ter a cor de mana correta, para isso, você deve utilizar terrenos que gerem duas ou mais cores, e se estiver utilizando a cor verde, considere também colocar algumas criaturas que gerem mana.

Ao utilizar terrenos que gere duas ou mais cores, você deve tomar cuidado com os terrenos que entram virados, pois ele pode atrapalhar você na hora de jogar as suas mágicas na curva certa e isso pode ser um ponto determinante da sua vitória ou derrota.

Mas quantas manas de cada cor você deve colocar? Não existe uma receita, e cada deck deve ser avaliado individualmente. Porém há alguns pontos que devem ser analisados, como por exemplo: quantidade de cartas de cada cor que você possui no deck, quantidade de cartas com custo duplo ou maior de uma mesma cor de mana e a cor mais presente entre as suas mágicas de custo 1,2 e 3.

Vale lembrar também que a quantidade de terrenos do seu deck irá depender do plano do deck que você está construindo, em geral decks aggro possuem entre 20-22 terrenos, midrange entre 23-25 terrenos e controle entre 24-26 terrenos.

Como última dica nesse tópico, ao montar o seu deck você deve considerar utilizar utility lands, ou seja, terrenos que geram outros benefícios além de gerar mana. Exemplos de utility lands são:  [card]Memorial to Folly[/card] e [card]Memorial to Genius[/card].

Teste e evolua

Dificilmente a primeira versão do seu deck será a melhor versão, por isso não desanime se nos primeiros jogos você não tiver o resultado esperado, continue testando o seu deck e verificando quais os pontos que devem ser aperfeiçoados para que você consiga melhorar o deck.

Faça pequenos ajustes por vez, assim ficará mais fácil para você verificar o que está dando certo e o que não está funcionando.

Por fim, peça ajuda a comunidade de Magic que te ajude a melhorar o seu deck. Poste a sua lista em fóruns e grupos de redes sociais para que outras pessoas possam te dar sugestões de como você pode melhorar o seu deck, lembre-se, “duas cabeças pensam melhor que uma”, quanto mais pessoas aperfeiçoando o deck mais competitivos ele será.

magic-mana-symbols

Se esse artigo foi útil para você não se esqueça de compartilhar com os seus amigos em suas redes sociais e de curtir a nossa página no facebook, e nossos canais no Youtube e na Twitch para ficar por dentro de todas as novidades do Magic the Gathering Arena!

 

Please follow and like us:
error0