White-Weennie-MTGA

White Weenie Strikes Back

0 Flares 0 Flares ×

Fim de semana passado tivemos mais um Pro Tour, o torneio mais importante do Magic, com a presença de muitos profissionais e membros do Hall da Fama. É neste torneio que se define quais são os top decks e a cara do metagame pro resto da temporada.

Embora o Top8 tenha tido uma predominância dos baralhos branco e vermelho aggro, o resto das estatísticas mostram que o ambiente foi bastante diverso, com Golgari Midrange, Monored aggro, Izzet Drakes, Monoblue Flyers, e vários decks de contrlole, o principal deles sendo o Jeskai. Mesmo entre os 6 RW Agro do Top8, é possível dividi-los em pelo menos 3 grupos diferentes. E dentre estes eu escolhi especificamente o deck utilizado por Luis Scott-Vargas, vice campeão do torneio, Hall da Fama e considerado um dos melhores e mais influentes jogadores de todos os tempos.

A lista dos decks do Top8 e o que tiveram 6 ou mais vitórias na parte Standard do torneio vc pode conferir AQUI

Além de LSV ser de longe o jogador mais conhecido deste Top8 (que contou com Yuuya Watanabe, também Hall da Fama e Jèrèmy Dezani, campeão do Pro Tour Theros 2013), eu escolhi esmiuçar a lista dele por outros fatores:

  • A lista dá um passo à frente e está preparada pra enfrentar os outros boros aggro, com criaturas com lifelink
  • Se você perceber bem, o MainDeck só possui cartas brancas

Acredito que a maioria do leitores aqui é um mero mortal (eu incluso), com uma coleção limitada e fazendo grandes esforços pra conseguir wildcards e completar os decks. Esta lista além de se mostrar obviamente eficaz, pode ser ainda mais mortal nos eventos construídos não competitivos, aqueles sem Sideboard. Se você for jogar este tipo de evento, pode esquecer os terrenos raros e jogar com 20 planícies, deixando o deck ainda mais tranquilo de se montar. Segue a lista

 


White Weenie – Luis Scott-Vargas – Pro Tour Finalist – 11-11-2018

4 Dauntless Bodyguard (DAR) 14
4 Benalish Marshal (DAR) 6
4 Adanto Vanguard (XLN) 1
4 Leonin Vanguard (M19) 22
3 Skymarcher Aspirant (RIX) 21
4 Ajani’s Pridemate (M19) 5
3 Pride of Conquerors (RIX) 17
2 Conclave Tribunal (GRN) 6
4 History of Benalia (DAR) 21
4 Legion’s Landing (XLN) 22
4 Clifftop Retreat (DAR) 239
12 Plains (XLN) 261
4 Sacred Foundry (GRN) 254
4 Healer’s Hawk (GRN) 14

2 Conclave Tribunal (GRN) 6
4 Experimental Frenzy (GRN) 99
2 Banefire (M19) 130
3 Baffling End (RIX) 1
1 Mountain (XLN) 273
2 Aurelia, Exemplar of Justice (GRN) 153
1 Settle the Wreckage (XLN) 34


White weenie mtga

Existe um velho ditado no Magic que diz mais ou menos o seguinte: “Nesta vida apenas 3 coisas são certas: A morte, impostos e White Weenie”. A fórmula é simples e eficaz desde o início do jogo 25 anos atrás. Muitas criaturas rápidas, algumas remoções pontuais e algumas pump spells pra fechar o jogo o mais rápido possível. E este deck é bom nisso. A lista do LSV em particular tem muitas sinergias específicas, e cada jogada influencia muito suas decisões futuras. Apesar de ser um deck agressivo baseado em criaturas, possui muitas nuances, então não subestime o deck e tenha cuidado na sequência das suas mágicas pra tirar o melhor proveito das sinergias.

O deck

Com 19 mágicas de custo 1, a chance de ter 3 criaturas no turno 2 são muito grandes. No turno 3, [card]Benalish Marshall[/card] é uma excelente opção pra aumentar ainda mais o dano do seu ataque. Outra linha de pensamento é ganhar a corrida com lifelink, começando com [card]legion”s Landing[/card], [card]Leonin Vanguard[/card] ou [card]Healer’s Hawk[/card] no turno 1 seguido de [card]Ajani Pridemate[/card] no turno 2 pra construir uma criatura gigante que possa dominar a mesa tanto ofensiva quanto defensivamente.

O restante do baralho é bem direto. As criaturas mais eficientes em cada curva. [card]Dauntless Bodyguard[/card] é um bom drop 1 que pode ser muito útil nos outros turnos se você tiver alguma criatura que gostaria de proteger, como um [card]Ajani Pridemate[/card]. [card]Skymarcher Aspirant[/card] também melhora consideravelmente mais pra frente do jogo, quando conseguir a bênção da cidade (o que é bastante fácil de se conseguir graças à [card]Legion’s Landing[/card] e [card]History of Benalia[/card]). [card]Adanto Vanguard[/card] é um dos drop2 mais eficientes atualmente, e ajudado pelas suas criaturas com lifelink, sua habilidade de ganhar indestrutível pode ser usada mais vezes.

[card]History of Benalia[/card] é uma das principais cartas do Standard desde que foi lançada, e faz um excelente papel aqui, colocando 2 criaturas antes de aumentar o seu poder de ataque, e pode ser usado junto com  [card]Pride of Conquerors[/card] pra gerar dano extra, normalmente finalizando o jogo. Contra eventuais cards que seu oponente tiver que atrapalhe muito seus planos como [card]Wildgrowth Walker[/card] , [card]Lyra Dawnbringer[/card], [card]Rekindling Phoenix[/card] entre outros, uma remoção pontual como [card]Conclave Tribunal[/card] além de exilar uma permanente, ainda pode contar com suas criaturas com vigilância ou que acabaram de entrar em jogo pra diminuir seu custo.

Sideboard

Além de mais remoções pontuais, o Sideboard te ajuda a ajustar contra matchups específicas. [card]Aurelia, Exemplar of Justice[/card] além de voar ajuda suas criaturas a ficarem maiores. Junto com [card]Baffling End[/card] e os outros dois [card]Conclave Tribunal[/card] te ajudam a passar por cima de criaturas problemáticas. Contra decks de controle [card]Eperimental Frenzy[/card] e [card]Banefire[/card] te garantem vantagem de cartas e os últimos ponto de dano necessários pra fechar o jogo. [card]Settle the Wreckage[/card] é genial contra o mirror.

Conclusão

Dizer que o baralho é bom é chover no molhado. A grande questão é como ficará no futuro, agora que deixou de ser um azarão. É um baralho poderoso, mas tem suas fraquezas.[card] [Moment of Craving[/card] é sensacional contra [card]Adanto Vanguard[/card], o resto do baralho é bastante sensível ao [card]Goblin Chainwhirler[/card], além dos sweepers em geral [card]Cleansing Nova[/card], [card]Deafening Clarion[/card] e [card]Ritual of Soot[/card], entre outros. Mesmo assim considero o baralho muito poderoso e facilmente adaptável caso o ambiente mude em função dele, inclusive usando algumas das cartas que outros decks trazem contra o próprio White Weenie.

magic-mana-symbols

Se você gostou desse artigo não se esqueça de compartilha com seus amigos em suas redes sociais para que eles também tenham acesso ao nosso conteúdo. E não deixe de curtir nossa página no facebook para receber as nossas matérias futuras.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×
Thiago Jachelli

Thiago Jachelli joga Magic desde os primórdios de 1995 e já fez de tudo um pouco. Já foi juiz, lojista, organizador de torneios e jogador competitivo. Entre 2016 e 2017 escreveu regularmente para o ManaFix.net e agora entrou de cabeça no Magic Arena.